NOTÍCIAS
 
02/02/2019 - 22:28h
CANTO GOIANO CLÁSSICO - CGC

Canto Clássico Goiano

 

 

No Nordeste do estado de Goiás foram capturados bicudos nativos que mostravam muita fibra e se destacavam nos torneios por

 apresentarem algumas notas típicas em seu canto, que chamavam a atenção na roda.

 

Esses bicudos se tornaram conhecidos como goianos e tiveram grande aceitação pelos criadores de Minas Gerais e de São Paulo.

Do Distrito Federal esses bicudos já desapareceram.

 

Em algumas regiões do Vale do Paranã ainda é possível ouvi-los cantar, protegidos dos agrotóxicos pela vegetação ciliar.

 

A essência da melodia do seu canto se aproxima do Alta Mogiana aos ouvidos menos experientes, e, durante muitos anos os torneios

 não separavam a avaliação de um e de outro canto.

 

O Canto Goiano possui um andamento típico, cadenciado, com notas destacadas e grande harmonia. Apresenta as notas de

 preparação da alteada Gam - Kem e as da alteada Tim - Tim como marcas registradas de seu canto.

 

Se um bicudo não der a alteada não poderá ser considerado de canto goiano, as sonoridade das notas de preparação da alteada só

 encontram par nos cantos flauta. Alguns apresentam uma gargalhada no início do canto, outros não, porém todos dão a alteada.

 

A criação em cativeiro, com produção pássaros voltados às disputas de fibra relegou ao segundo plano esse canto. Como é complexo,

 com grande número de notas e andamento mais cadenciado, esse canto apresenta pouca produtividade nas rodas de fibra.

 

Atualmente poucos criadores se dedicam à sua preservação.

 

A criação da modalidade Canto Clássico Goiano nos torneios oficiais representa um novo estímulo para os apreciadores desse canto.

 

Muitos bicudos se destacaram nessa modalidade de canto sendo o mais conhecido foi o Bicudo Batuque.

 

O Batuque nasceu em Brasília, em 1976, na casa do Sr Moacir Santos. Nas rodas de fibra chegou a superar bicudos lendários, como o Napoleão e o Sobe-e-Desce. Faleceu em Cuiabá no ano de 1990, em posse do Sr Alex Serra.

 

Batuque teve seu canto gravado e comercializado em fitas e CDs, permitindo o aprendizado de muitos filhotes. O bicudo Araçá, que

 aprendeu cantar com uma gravação do canto do Batuque, e possui um timbre espetacular, talvez seja hoje o melhor representante

 dessa linha de canto.

 

O Araçá está em posse do Dr Ferdinando de Menezes e vive no Criadouro O Araçá, em Cornélio Procópio-PR.

 

REQUISITOS OBRIGATÓRIOS

Para ser enquadrado na sua referida Categoria, o Bicudo deverá possuir, obrigatoriamente, os requisitos especificados abaixo:                                                                                               

A 1 - CANTO CLÁSSICO GOIANO - sem Repetição

A 2 - CANTO CLÁSSICO GOIANO - com Repetição

O Bicudo para ser enquadrado nesta Categoria, nas Modalidades A1 e A2, deverá cantar com o padrão, conforme descrito a seguir:

CANTO DE ENTRADA - CLÁSSICO GOIANO – 22 ou 25 NOTAS

 

Blocos

Padrão

Notas

Quantidade

01

Notas de entrada

Suim Suim

2

02

Gargalhada de Passagem
(Opcional)

Quem Quem
(Opcional)

2

03

Ligação de canto

Tchê Qui

2

04

Preparação de alteada

Gãm Que

2

05

Alteada

Tim Tim

2

06

Complemento de alteada

Tó Qui Tó

3

07

Preparação da batida

Tia Tió

2

08

Batida de canto
(Tal Opcional)

Tuí Tiuá Tal

3

09

Preparação de fechamento

Ti Tu Ti

3

10

Divisão de canto
(2 ou mais)

Quem Quem Quem

3

 

MÓDULO DE REPETIÇÃO – GOIANO CLÁSSICO

 

Blocos

Padrão

Notas

Quantidade

01

Ligação de canto

Ti Tchê Qui

3

02

Preparação de alteada

Gâm Que

2

03

Alteada de canto

Tim Tim

2

04

Complemento da alteada

Tó Qui Tó

3

05

Preparação da batida

Tia Tió

2

06

Batida de canto
(Tal Opcional)

Tuí Tiuá Tal

3

07

Preparação de fechamento

Ti Tu Ti

3

08

Divisão de canto

Quem Quem Quem

3


Observações:

a) O Bicudo que, no Canto de Entrada, não emitir a Gargalhada de Entrada, deverá, na Ligação de Canto, bloco 03, emitir as notas “Tché Qui” e não as notas “Ti Ka Ti”.

b) A Gargalhada de Entrada, com duas ou mais notas “Quem Quem”, assim como a nota “Tal”, na Batida de Canto “Tuí Tiuá Tal”, são notas opcionais, não sendo requisitos obrigatórios para avaliação.

c) Após o Fechamento de Canto, no bloco “Ti Tu Ti”, o bicudo inicia o Módulo de Repetição no bloco “Quem Quem Quem”, ou seja, na Gargalhada de Divisão, que deverá ser de duas ou mais notas.

d) Para ser passível de avaliação, o Bicudo deverá virar pelo menos 1 (um) canto durante a prova.

 

CANTO CLÁSSICO GOIANO - Pardo

Nesta Modalidade o Bicudo, para ser considerado Pardo, deverá ter mais de 50% (cinquenta por cento) de cor parda. Competirão os Pardos, sendo contemplados com troféus os três melhores da competição, sendo necessário emitir no mínimo 50% (cinquenta por cento) das notas do Canto, submetidos, para efeito de julgamento, aos critérios constantes no item 4.1.

 


< voltar

 
 
www.criatoriotommenor.com.br - 2019 - Desenvolvimento: